Razões do desinteresse sexual masculino: cansaço e stresse profissional

Imagem da notícia: Razões do desinteresse sexual masculino: cansaço e stresse profissional

O “Estudo transcultural sobre os fatores associados ao interesse sexual masculino”, da autoria da presidente da Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica, Ana Alexandra Carvalheira, apresenta o cansaço e o stresse profissional como a principal razão para a falta de interesse sexual dos homens portugueses.

A investigação, citada pelo JN, cujos resultados foram apresentados em Janeiro, envolveu 5255 homens portugueses, croatas e noruegueses.

Outras conclusões avançadas: 10,5 por cento dos portugueses têm falta de interesse sexual, com a faixa etária dos 30 aos 39 a representar mais de 24 por cento;  homens com elevados índices de ansiedade e depressão, baixa autoconfiança na função erétil e elevado nível de aborrecimento sexual, bem como em relações de longa duração têm maior probabilidade de referir o desinteresse. A média apurada nos três países cifrou-se nos 14,4 por cento.

 

4 Abril 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Lasermaq distinguida como Empresa Inovadora COTEC 2021

A empresa de Vila do Conde responsável pela produção e distribuição de equipamentos de tecnologia avançada foi reconhecida pela COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação.

Ler mais 8 Outubro 2021
AtualidadeMateriais e equipamentosPrótese dentária