Estudo revela que idosos mais pessimistas vivem mais tempo

Imagem da notícia: Estudo revela que idosos mais pessimistas vivem mais tempo

De acordo com um estudo da universidade alemã Friedrich-Alexander, de Nuremberga, realizado junto de 30 mil idosos, os mais pessimistas quanto à perspetiva de serem felizes no futuro vivem mais tempo e com melhor saúde do que os mais otimistas, noticiou o jornal “I” a partir da AFP.

Para o estudo foram consideradas as respostas dadas anualmente entre 1993 e 2003 sobre o estado de satisfação à altura do inquérito e das expetativas num horizonte de cinco anos.

Frieder Lang, diretor do instituto de psicologia gerontológica da instituição alemã, explicou que o facto de se ser pessimista quanto ao futuro pode levar os idosos a terem mais cuidado com a saúde e a serem mais prudentes.

28 Maio 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas

C.A.S.O. Porto celebra 15 anos

O Centro de Apoio à Saúde Oral do Porto (C.A.S.O. Porto) celebrou um marco significativo neste mês, os 15 anos de dedicação à saúde oral e ao bem-estar da comunidade portuense.

Ler mais 27 Março 2024
Atualidade

Hoje é o dia da Daniela

Em dia aniversário, resolvemos desafiar a Daniela, jornalista na LabPro, a mostrar um pouco mais de si. E aproveitamos para lhe desejar um dia maravilhoso!

Ler mais 26 Março 2024
Atualidade

SPEMD celebra Dia Mundial da Saúde Oral

A Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária (SPEMD) celebrou o Dia Mundial da Saúde Oral 2024 com um foco especial na importância da acessibilidade aos cuidados de saúde oral. No passado dia 20 de março promoveu diversas ações de sensibilização para esta temática.

Ler mais 25 Março 2024
Atualidade