Estudo revela que idosos mais pessimistas vivem mais tempo

Imagem da notícia: Estudo revela que idosos mais pessimistas vivem mais tempo

De acordo com um estudo da universidade alemã Friedrich-Alexander, de Nuremberga, realizado junto de 30 mil idosos, os mais pessimistas quanto à perspetiva de serem felizes no futuro vivem mais tempo e com melhor saúde do que os mais otimistas, noticiou o jornal “I” a partir da AFP.

Para o estudo foram consideradas as respostas dadas anualmente entre 1993 e 2003 sobre o estado de satisfação à altura do inquérito e das expetativas num horizonte de cinco anos.

Frieder Lang, diretor do instituto de psicologia gerontológica da instituição alemã, explicou que o facto de se ser pessimista quanto ao futuro pode levar os idosos a terem mais cuidado com a saúde e a serem mais prudentes.

28 Maio 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Pedro de Albuquerque Mateus é o novo CEO da MALO CLINIC

A MALO CLINIC entrou numa nova fase de desenvolvimento, tendo reforçado a sua equipa de gestão com a contratação de Pedro de Albuquerque Mateus para presidente executivo (CEO). O gestor tem como missão potenciar o desenvolvimento da MALO CLINIC, que concluiu o seu processo de reorganização e revitalização.

Ler mais 14 Setembro 2020
Atualidade