Cancro oral tem vindo a aumentar

Imagem da notícia: Cancro oral tem vindo a aumentar

Um estudo recente da Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), em parceria com o Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, revelou que o cancro oral tem feito cada vez mais vítimas.

A investigação, intitulada “Estudo de Sobrevivência de Cancro Oral da População do Norte de Portugal”, do médico e professor da CESPU Luís Monteiro, ocorreu entre 2005 e 2006, na qual se apurou que a prevenção é fundamental para o sucesso do tratamento da doença.

Um doente que, ao fim de cinco anos, ainda apresente sintomas de estádios iniciais deste cancro tem 85 por cento de probabilidade de sobreviver.

Por outro lado, nos estádios mais avançados esta taxa diminui para 20 por cento. Como sintomas desta doença, são comuns as feridas orais que não cicatrizam, nódulos que não desaparecem e dores constantes sem razão aparente.

O mesmo estudo aponta que 80 por cento dos novos casos estão relacionados com hábitos de risco, como o tabagismo e alcoolismo.

Recorde-se que a Ordem dos Médicos Dentistas tem vindo a lançar vários avisos, especialmente no passado Dia Mundial da Saúde Oral.

24 Junho 2014
Atualidade

PUBLICIDADE
Montellano
PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas

Um viva ao Hugo

O designer da LabPro celebra hoje o seu aniversário. Muitos parabéns Hugo, um dia super feliz!

Ler mais 7 Maio 2024
Atualidade

C.A.S.O Lisboa já realizou mais de 5 mil consultas

O Centro de Apoio à Saúde Oral (C.A.S.O.) de Lisboa, promovido pela Mundo A Sorrir numa parceria com a Junta de Freguesia de Santo António e financiado pela Câmara Municipal de Lisboa, tem sido um apoio no acesso à saúde oral para a população vulnerável do município. Desde o seu início, o projeto já beneficiou diretamente 2894 pessoas.

Ler mais 26 Abril 2024
Atualidade