Comunicação entre Médico Dentista e Técnico de Prótese Dentária – um “must have” na reabilitação oral

Imagem da notícia: Comunicação entre Médico Dentista e Técnico de Prótese Dentária – um “must have” na reabilitação oral

Artigo técnico de Rui Monterroso, Hugo Moreira Pereira e Helena Melo.

A reabilitação oral através da realização de próteses dentárias removíveis ou fixas requer sinergia entre o Médico Dentista (MD) e o Técnico de Prótese Dentária (TPD).

Este é um trabalho feito em equipa com o objetivo de obter uma prótese dentária com um bom ajuste ao tecidos duros e moles da boca, restabelecer a função e estética (Berry et al, 2014).

A comunicação entre o Médico Dentista e o Técnico de Prótese Dentária (TPD) é muitas vezes desvalorizada no nosso dia-a-dia clínico, mas tem-se de ter em conta que todo o trabalho protético exige uma comunicação clara e eficaz entre os dois profissionais para assim garantir o sucesso do tratamento (Napier, 2008; Mendelson, 2006).

No entanto, existem variadíssimos estudos que afirmam haver necessidade de melhores métodos de comunicação entre os dois profissionais durante a fabricação de próteses dentárias (Berry et al, 2014).

Conforme Davenport et al (2000), ambos têm de se inteirar do papel de cada um, no sentido de uma colaboração eficaz e otimização da confeção de uma prótese que está dependente dos seguintes fatores: Conhecimento e prática clínica; Avaliação completa do paciente; Plano de tratamento adequado; Conhecimento técnico e das propriedades dos materiais.

Leia o artigo na próxima LabPro.

11 Novembro 2014
Artigos Técnicos

PUBLICIDADE
Montellano
PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas