Novo método de identificação de cancro?

Imagem da notícia: Novo método de identificação de cancro?

Cientistas do National Institute for Materials Science em Tsububa, Japão, estão a desenvolver um sensor capaz de identificar vestígios de cancro mediante uma análise ao hálito.

Uma película com um chip próprio analisa a quantidade de substâncias associadas a tumores malignos, transmitindo estes dados para um dispositivo associado como um smartphone. Desta forma o próprio paciente pode fazer o diagnóstico.

O equipamento custa certa de sete cêntimos. No entanto, os investigadores estimam que o próximo passo reside no aprimoramento do dispositivo, para a película não só identificar partículas cancerígenas mas também poder identificar de que tipo de cancro provêm.

Ainda, objetivam sensibilizar o chip para poder registar problemas nos rins, no fígado, asma e diabetes, pelo que a investigação perdurará cerca de seis anos.

22 Janeiro 2016
Atualidade

Notícias relacionadas

Pedro de Albuquerque Mateus é o novo CEO da MALO CLINIC

A MALO CLINIC entrou numa nova fase de desenvolvimento, tendo reforçado a sua equipa de gestão com a contratação de Pedro de Albuquerque Mateus para presidente executivo (CEO). O gestor tem como missão potenciar o desenvolvimento da MALO CLINIC, que concluiu o seu processo de reorganização e revitalização.

Ler mais 14 Setembro 2020
Atualidade

Covid-19: Orientações para prevenir segunda vaga

Portugal continental volta ao estado de contingência a 15 de setembro, uma decisão que, segundo a Ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, vai permitir definir as ações a implementar “em cada área para preparar o regresso às aulas e o regresso de muitos portugueses ao seu local de trabalho”.

Ler mais 8 Setembro 2020
Atualidade