Filipe Penelas: “O CAD/CAM facilita a vida aos técnicos, não os substitui”

Imagem da notícia: Filipe Penelas: “O CAD/CAM facilita a vida aos técnicos, não os substitui”

Criado em 2000 em Vila Real, o Purodente é um laboratório de prótese dentária que se rege por três princípios: estética, tecnologia e formação. “Estamos em constante atualização em termos de materiais, técnicas e equipamentos, para melhorar o processo de trabalho e garantir a máxima qualidade dos produtos”, assegura Filipe Penelas, o responsável pela empresa.

LabPro: Quais são as mais-valias do CAD/CAM?

Filipe Penelas: O rigor e a precisão. A qualidade do produto e a maior aposta na estética. A rapidez dos processos e a diminuição da possibilidade de erro. O CAD/CAM veio revolucionar o mercado. Eu comecei a trabalhar com zirconio em 2007, quando quase não se ouvia falar neste material. Comecei com uma máquina manual, da Zirkonzahn, a fazer as próteses. Depois saíram as máquinas computorizadas e investimos nessa tecnologia. Para além das vantagens já referidas, conseguimos ver uma boca em três dimensões e ter uma perceção de como o dente vai ficar em boca, conseguimos fazer testes e provas, permite-nos inverter o passo a qualquer momento… o CAD/CAM veio facilitar-nos todo o serviço, sem dúvida.

LP: Acha que esta tecnologia pode algum dia substituir o técnico?

FP: Não, o CAD/CAM facilita a vida aos técnicos, não os substitui. É o técnico que manobra a máquina, que vê o paciente, que tem os conceitos de prótese. O CAD/CAM só faz aquilo que nós pedirmos.

Entrevista completa na LabPro 26.

 

22 Fevereiro 2017
Entrevistas

PUBLICIDADE
Montellano
PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas