Filipe Costa: “A prótese fixa é a área que mais me interessa”

Imagem da notícia: Filipe Costa: “A prótese fixa é a área que mais me interessa”

Filipe Costa nasceu em Torres Vedras e foi nesta cidade que implementou o Degradê, laboratório especializado em estética, com incidência particular na área da prótese fixa. Aos 29 anos, o técnico de prótese dentária mantém os pés bem assentes no chão, consciente do caminho a percorrer num mercado com cada vez mais concorrência a nível nacional.

LabPro: No laboratório Degradê são especializados em estética, com o foco principal na área da prótese fixa. É uma forma de se diferenciarem da concorrência?

Filipe Costa: Sim, a prótese fixa é a área pela qual mais me interesso e sem dúvida a que mais me envolve e motiva. O facto de ser o tipo de prótese que mais compete com a realidade foi fulcral na dedicação da equipa e fomo-nos naturalmente aperfeiçoando nesta área.

Não perca toda a entrevista na próxima edição da LabPro.

11 Janeiro 2019
Entrevistas

PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas

“Faço um apelo para que todos os colegas se tornem associados”

Eugénia Neto fala-nos do IX Congresso da APTPD, que se realiza a 17 e 18 de maio na Exponor, na cidade do Porto. A cerca de dois meses do evento, a líder da comissão organizadora desta edição - e também vice-presidente da Associação Portuguesa de Técnicos de Prótese Dentária, deixa mensagens fortes para os profissionais.

Ler mais 15 Março 2024
Entrevistas