Pedro Chora Estadão em entrevista

Imagem da notícia: Pedro Chora Estadão em entrevista

Pedro Chora Estadão diz-nos em entrevista como surgiu o convite para assumir a responsabilidade técnica dos laboratórios Labimplant e Marum-Tecnidente do grupo Instituto de Implantologia.

“O que aconteceu foi um daqueles acidentes da vida: eu estava no estrangeiro, a trabalhar como consultor de gestão e qualidade de uma multinacional e um problema de saúde na minha família obrigava-me a regressar a casa. Todavia, não existiam empregos adequados às minhas qualificações. Em Portugal existem, talvez, cinco ou seis empresas e instituições com dimensão e estrutura suficientes para absorver nos seus quadros alguém com o meu conjunto de competências, que possam beneficiar da minha presença e manter-me feliz. Tive a sorte de, no jantar dos 25 anos do meu curso de prótese dentária, alguém referir que o Instituto de Implantologia se encontrava sem um responsável técnico. Fui atrevido e contactei o Prof. João Caramês, que não conhecia pessoalmente. Naquele momento, não estavam à procura de ninguém. No entanto, a minha disponibilidade, a necessidade efetiva de uma coordenação da área da prótese dentária e a enorme capacidade que o Prof. Caramês tem de reconhecer uma boa oportunidade, e o seu desejo de prestar um serviço cada vez melhor aos pacientes do Instituto de Implantologia, fizeram com que as coisas acontecessem”.

Entrevista completa em breve.

15 Maio 2020
Entrevistas

Notícias relacionadas

Maria Veiga Kraemer em entrevista

Numa conversa com a LabPro, a técnica de prótese dentária falou sobre a escolha profissional, o laboratório de prótese que tem com o marido, da colaboração com a Merz Dental, na qual dá formação, e da dificuldade da prótese removível se afirmar no mundo da prótese.

Ler mais 5 Julho 2021
AtualidadeEntrevistasPrótese dentária