“O ArtDent nasceu em maio de 2016”

Imagem da notícia: “O ArtDent nasceu em maio de 2016”

Filipe Cardoso é o sócio-gerente do laboratório ArtDent, que nasceu no ano de 2016, em Vila Nova de Famalicão. “Sempre tive as pessoas certas que me apoiaram e ajudaram, nunca deixaram de acreditar tanto como eu neste meu projeto”, revela o técnico de prótese. Conheça esta história.

Há quanto tempo e como nasceu o ArtDent? 

O ArtDent nasceu em maio de 2016. Nessa altura também decidi tirar a Licenciatura de Técnico de Prótese Dentária no ISAVE – Instituto Superior de Saúde, em pós-laboral. Queria enriquecer o meu conhecimento, principalmente na parte teórica. Não foi fácil, aliás quem passou pelo mesmo sabe ao que me refiro. Sem dúvida que foi um grande desafio na minha vida, pelo investimento, o tempo e, claro, algum receio. Gerir isto tudo não iria ser fácil, mas sempre acreditei no meu potencial e valores. De referir que felizmente sempre tive as pessoas certas que me apoiaram e me ajudaram, nunca deixaram de acreditar tanto como eu neste meu projeto. Os próprios docentes, funcionários e colegas de outras licenciaturas foram incríveis. E foi no ISAVE que conheci o Leandro Martins, que em conversa se dispôs a ajudar-me durante umas horas no laboratório e assim também ia praticando. Inicialmente só trabalhava com quatro clínicas e só realizava trabalhos de prótese fixa, mas alguns clínicos começaram a mandar trabalhos de prótese acrílica e foi então que gradualmente começámos a introduzir trabalhos em acrílico e decidi colocar o Leandro como responsável desses casos. Foram três anos de muito esforço e felizmente fomos crescendo, sendo que a certa altura o espaço onde nos encontrávamos começou a tornar-se pequeno e, hoje, com novos equipamentos e já a pensar no digital, mudámo-nos para um espaço maior e com melhores condições. 

Quantas pessoas fazem parte da equipa ArtDent? 

Neste momento somos quatro. A responsabilidade e o trabalho propriamente dito, é minha, do Leandro e do Vergílio, quer no trabalho em laboratório, quer nas clínicas, quando é necessário deslocarmo-nos lá. Temos também a ajuda do meu pai, que apesar de estar reformado, auxilia-nos de vez em quando em questões logísticas, aliás sempre fez parte da equipa.  

Leia a entrevista completa subscrevendo a LabPro 50.

27 Abril 2023
Entrevistas

PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas

“Faço um apelo para que todos os colegas se tornem associados”

Eugénia Neto fala-nos do IX Congresso da APTPD, que se realiza a 17 e 18 de maio na Exponor, na cidade do Porto. A cerca de dois meses do evento, a líder da comissão organizadora desta edição - e também vice-presidente da Associação Portuguesa de Técnicos de Prótese Dentária, deixa mensagens fortes para os profissionais.

Ler mais 15 Março 2024
Entrevistas