Ricardo Domingues em entrevista

Imagem da notícia: Ricardo Domingues em entrevista

Ricardo Domingues chegou ao mundo da prótese dentária por acaso. Apesar de curto (para já!), o seu percurso dentro desta área revela-se muito intenso e altamente promissor. Hoje, dedica-se exclusivamente à tecnologia CAD/CAM, algo que tem vindo a conhecer e a aperfeiçoar desde 2011.

LabPro: Como surgiu a prótese na sua vida?

Ricardo Domingues: Curiosamente, nunca foi algo que eu quisesse. Quando chegou a altura de entrar para a faculdade, escolhi Engenharia do Ambiente, apesar de nada convencido com esta aposta. Tinha que continuar a estudar e foi uma das opções que surgiu. No entanto, sempre fui um miúdo muito dedicado à bricolage, às construções, aos trabalhos manuais… e gostava bastante desta minha faceta. Além disso, por ter pais médicos, tive também uma infância muito ligada à saúde. Usei aparelho ortodôntico quando era criança e dizia que queria ser dentista. Ficou esta “pancada” pela medicina dentária. Porém, como nunca fui um aluno brilhante durante o ensino secundário, a minha média deu apenas para Prótese Dentária. Foi assim que entrei neste mundo.

Entrevista completa na LabPro 24.

 

 

14 Setembro 2016
Entrevistas

PUBLICIDADE
MineralDente - Recrutamento

Notícias relacionadas

“Faço um apelo para que todos os colegas se tornem associados”

Eugénia Neto fala-nos do IX Congresso da APTPD, que se realiza a 17 e 18 de maio na Exponor, na cidade do Porto. A cerca de dois meses do evento, a líder da comissão organizadora desta edição - e também vice-presidente da Associação Portuguesa de Técnicos de Prótese Dentária, deixa mensagens fortes para os profissionais.

Ler mais 15 Março 2024
Entrevistas