Ricardo Domingues em entrevista

Imagem da notícia: Ricardo Domingues em entrevista

Ricardo Domingues chegou ao mundo da prótese dentária por acaso. Apesar de curto (para já!), o seu percurso dentro desta área revela-se muito intenso e altamente promissor. Hoje, dedica-se exclusivamente à tecnologia CAD/CAM, algo que tem vindo a conhecer e a aperfeiçoar desde 2011.

LabPro: Como surgiu a prótese na sua vida?

Ricardo Domingues: Curiosamente, nunca foi algo que eu quisesse. Quando chegou a altura de entrar para a faculdade, escolhi Engenharia do Ambiente, apesar de nada convencido com esta aposta. Tinha que continuar a estudar e foi uma das opções que surgiu. No entanto, sempre fui um miúdo muito dedicado à bricolage, às construções, aos trabalhos manuais… e gostava bastante desta minha faceta. Além disso, por ter pais médicos, tive também uma infância muito ligada à saúde. Usei aparelho ortodôntico quando era criança e dizia que queria ser dentista. Ficou esta “pancada” pela medicina dentária. Porém, como nunca fui um aluno brilhante durante o ensino secundário, a minha média deu apenas para Prótese Dentária. Foi assim que entrei neste mundo.

Entrevista completa na LabPro 24.

 

 

14 Setembro 2016
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Não acredito em Ronaldos na prótese dentária”

Pedro Chora Estadão, diretor do laboratório Pedro Estadão Dental Studio, acredita que o trabalho em equipa, com a cooperação entre todos os profissionais da área odontológica, é vital para se atingir o melhor resultado possível.

Ler mais 7 Outubro 2020
Entrevistas