“Estamos todos de parabéns!”

Imagem da notícia: “Estamos todos de parabéns!”

Mais de 12 mil profissionais estiveram na Exponor durante o XXV Congresso da Ordem dos Médicos Dentistas. “O congresso de 2016 assinalou as ‘bodas de prata’ e celebrou a excelência de um evento que é hoje a maior referência no panorama da medicina dentária nacional e cujo reconhecimento se estende muito para além da Península Ibérica. A exposição das 25 edições do congresso, logo à entrada, é prova disso mesmo. O congresso tem-se mostrado dinâmico e soube adaptar-se todos os anos ao crescente número de congressistas, visitantes e expositores”, assume a organização.

O evento reuniu perto de 3.700 congressistas, entre 10 e 12 de novembro, na Exponor, em Matosinhos. Já o número de apresentações científicas situou-se em 161 e os cursos hands-on tiveram 95 participantes. O número de visitantes da Expo-Dentária totalizou 12.404. A maior feira de medicina dentária realizada em Portugal, que todos os anos decorre durante o Congresso da OMD, contou nesta edição com 111 empresas expositoras, distribuídas por 413 stands. Feitas as contas, podemos afirmar que as “bodas de prata” do congresso foram um verdadeiro sucesso.

Pedro Ferreira Trancoso, presidente da comissão organizadora da 25ª edição, considera que “este ano todo o programa, com destaque para o programa científico e para o conjunto de oradores nacionais e internacionais, foi muito forte e, com o aumento da área de exposição da Expo-Dentária, conseguimos registar um crescimento do número de congressistas e do número de entradas na Expo-Dentária nos três dias”.

Saiba mais na DentalPro 108.

 

4 Janeiro 2017
Entrevistas

Notícias relacionadas

Marta Moreira e Hélder Pontes viajam até à Polónia para ajudar ucranianos

Hélder Pontes e Marta Moreira, do laboratório de prótese dentária Marfidente, juntamente com dois familiares – tal como muitas outras entidades em Portugal e no resto da Europa – “arregaçaram as mangas” e organizaram uma campanha de recolha de bens e viajaram até Przemyśl, na Polónia, junto à fronteira com a Ucrânia para “levar ajuda”.

Ler mais 10 Maio 2022
AtualidadeEntrevistas