“Trabalhamos com brilho nos olhos para dar vida aos sorrisos”

Imagem da notícia: “Trabalhamos com brilho nos olhos para dar vida aos sorrisos”

O médico dentista Carlos Camarinha e a técnica de prótese dentária Inês Fernandes são casados e criaram em 2017 o IROV – Instituto de Reabilitação Oral de Viseu e o LIF – Laboratório Inês Fernandes, no Edifício Hospital Cuf da cidade de Viriato. Em entrevista, falam-nos deste grande projeto que pretende, acima de tudo, “dar vida aos sorrisos”.

O IROV possui laboratório integrado, LIF – Laboratório Inês Fernandes. Porquê esta aposta?

Apesar do LIF ser uma entidade independente do IROV, a possibilidade de trabalhar próximo de um laboratório que, assim como o IROV, também acompanha as novas tecnologias, permite a realização de tratamentos diferenciados, com tempo reduzido. Desde o início que, no IROV, o digital é já o presente e, o facto de termos pacientes de toda a parte do mundo, torna-se uma mais-valia, assim como no aperfeiçoamento conjunto de técnicas e materiais.

O laboratório executa trabalhos apenas para o IROV ou também para outras clínicas?

O LIF trabalha com clínicas de norte a sul do país. Somos uma equipa altamente especializada, com mais de 10 anos de experiência, em constante atualização e formação. Na linha da frente das últimas tendências mundiais, dispomos da mais recente tecnologia, que nos permite oferecer um serviço exclusivo e de elevado rigor, com tempos mais reduzidos. No sentido de melhorar e personalizar a nossa parceria com o cliente, fazemos a recolha do trabalho a executar, a nível nacional e à nossa responsabilidade.

Qual é a vossa filosofia de trabalho?

Trabalhar com brilho nos olhos para dar vida aos sorrisos! Pretendemos ser sinónimo de ética, oferecendo o melhor serviço; transparência, a comunicação é fundamental para atingir o sucesso; responsabilidade, se confiam em nós, não iremos desiludir e confiança, tentamos superar-nos todos os dias.

Entrevista completa na LabPro 39.

2 Julho 2020
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Somos ceramistas de coração”

Com a crescente aposta no digital, Diogo Gomes vê a presença das máquinas com uma “enorme e indispensável ferramenta”, apesar de o seu trabalho continuar a “depender das mãos e da apreciação de um bom técnico”. A LabPro revê a entrevista realizada a um dos fundadores do laboratório DentalShaping.

Ler mais 7 Janeiro 2022
AtualidadeEntrevistasPrótese dentária