Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

Imagem da notícia: Elixir bucal pode eliminar o coronavírus?

A pesquisa – liderada pela Universidade de Cardiff, no Reino Unido – afirma que os elixires bucais que contenham 0,07% de cloreto de cetilpiridínio (CPC) estão a mostrar “sinais promissores” na redução do vírus.

De acordo com o artigo publicado pela revista Visão, os responsáveis simularam em laboratório a passagem da substância da nasofaringe para a orofaringe utilizando estes elixires. Agora, dizem que estas substâncias podem matar o novo coronavírus em apenas 30 segundos: “Embora este estudo in vitro seja muito encorajador e um passo positivo, mais pesquisas clínicas são claramente necessárias”, diz David Thomas, que lidera a investigação.

Para isso, segue-se um ensaio clínico de 12 semanas no Hospital Universitário do País de Gales para “ajudar a determinar a eficácia do elixir bucal na redução da carga viral na saliva dos pacientes”.

Saiba mais aqui.

19 Novembro 2020
Atualidade

Notícias relacionadas

Grande Prémio Ciência Viva distingue Alexandre Quintanilha

Alexandre Quintanilha foi distinguido com o Grande Prémio Ciência Viva, pela sua ação notável na promoção da cultura científica. Destaque ainda para o Campeonato Nacional de Jogos Matemáticos, galardoado com o Prémio Ciência Viva Educação, e para a campanha de educação “2 Minutos para Mudar de Vida, que recebeu o Prémio Ciência Viva Media.

Ler mais 24 Novembro 2020
Atualidade

LabPro faz 10 anos

2020, especialmente o último trimestre do ano, assinala uma década de LabPro. O primeiro número da única revista portuguesa impressa dedicada ao setor da prótese dentária saiu para a rua em outubro de 2010 e hoje somamos já 40 edições publicadas.

Ler mais 18 Novembro 2020
Atualidade