“Aprendi a gostar desta arte com o meu pai”

Imagem da notícia: “Aprendi a gostar desta arte com o meu pai”

Terminada a escola, Alexandre Monteiro ia para o laboratório do seu pai, o técnico de prótese dentária Manuel João Monteiro.

Tinha apenas 12 anos, fazia os deveres escolares e, nas horas livres, “brincava” com as próteses, ajudando no que pudesse.

Passava horas a fio no laboratório. Com o passar dos anos e a aprendizagem a evoluir, apercebeu-se que se identificava com esta profissão.

Alexandre Monteiro acabou assim por abraçar a mesma profissão do progenitor e, hoje, dedica-se de corpo e alma à Prótese Dentária.

Leia a entrevista na íntegra na próxima edição da LabPro.

22 Setembro 2014
Entrevistas

Notícias relacionadas

Maria Veiga Kraemer em entrevista

Numa conversa com a LabPro, a técnica de prótese dentária falou sobre a escolha profissional, o laboratório de prótese que tem com o marido, da colaboração com a Merz Dental, na qual dá formação, e da dificuldade da prótese removível se afirmar no mundo da prótese.

Ler mais 5 Julho 2021
AtualidadeEntrevistasPrótese dentária