“Oferecemos aos profissionais uma organização mais eficiente”

Imagem da notícia: “Oferecemos aos profissionais uma organização mais eficiente”

A VRC – Warehouse Technologies, sediada em Vila Nova de Famalicão, é um integrador de sistemas automáticos de armazenagem que atua em vários setores de atividade, nomeadamente medicina e prótese dentária. Segundo Marcy Prozil, marketeer na VRC, “a empresa garante espaço, acesso imediato a qualquer referência em stock, organização e segurança” a todos os profissionais ligados ao ramo da saúde oral.

LabPro: Qual é a história da empresa VRC?
Marcy Prozil: Com sede em Vila Nova de Famalicão, a VRC foi fundada em 1993 pela família Vaz Ribeiro da Cunha. José Magalhães Ribeiro da Cunha foi a primeira pessoa em Portugal a comprar uma máquina de armazenagem automática vertical, na altura para a empresa onde trabalhava. A tecnologia pareceu-lhe tão eficiente que criou, com o filho e atual CEO, José Ribeiro da Cunha, uma empresa para a comercialização de armazéns automáticos. Atualmente, a VRC – Warehouse Technologies é um integrador de sistemas automáticos de armazenagem e é a única empresa do seu setor, na Península Ibérica, com certificação ISO 9001:2008. Tem operação igualmente na América Latina e os seus principais parceiros de negócio são a HÄNEL Gmbh e a TGW MECHANICS Gmbh.

LP: Como é constituída a vossa equipa?
MP: A organização assenta numa lógica Marketing > Vendas > Serviço, com 25 colaboradores e 70 empregos indiretos.

LP: A que setores de atividade se dedicam?
MP: Dentro do vasto leque de setores estamos presentes na área da saúde, onde trabalhamos com laboratórios, hospitais, entre outros. As soluções de armazenagem automática VRC são bastante versáteis e passíveis de ser utilizadas em distintos setores, desde aeronáutica até à eletrónica com micro-dimensões.

LP: O que têm para oferecer aos profissionais de medicina e prótese dentária?
MP: Espaço, acesso imediato a qualquer referência em stock, organização e segurança. O aumento da capacidade de armazenamento em mais 80%, quando comparado com outras soluções convencionais, é um ponto indiscutível. Temos clientes que num espaço de 5m2, aproximadamente, têm mais de 8.000 referências diferentes. Os armazéns automáticos oferecem aos profissionais de medicina dentária uma organização mais eficiente de todos os instrumentos e materiais necessários à sua prática, mantendo-os protegidos do pó e humidade.

Saiba mais na LabPro 30.

20 Dezembro 2017
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Não acredito em Ronaldos na prótese dentária”

Pedro Chora Estadão, diretor do laboratório Pedro Estadão Dental Studio, acredita que o trabalho em equipa, com a cooperação entre todos os profissionais da área odontológica, é vital para se atingir o melhor resultado possível.

Ler mais 7 Outubro 2020
Entrevistas

“Desenvolvemos parcerias com diversos laboratórios”

Fernando Montenegro e Filipe Gervásio são os responsáveis pela ARGO BAUM, empresa com sede em Elvas que possui a marca registada CROSSBAUM® de componentes protéticos para implantes dentários. Em entrevista à LabPro, falaram das soluções que disponibilizam para a área da prótese dentária.

Ler mais 10 Setembro 2020
Entrevistas

Nasceu o laboratório Pedro Estadão Dental Studio

Pedro Chora Estadão abraçou, no início do ano, a responsabilidade técnica dos laboratórios Labimplant e Marum-Tecnidente do grupo Instituto de Implantologia. No entanto, a situação gerada pela pandemia de Covid-19 alterou os seus planos, terminando assim a sua ligação a João Caramês e encetando um novo desafio profissional: a criação do seu próprio laboratório, o Pedro Estadão Dental Studio.

Ler mais 2 Setembro 2020
EntrevistasPrótese dentária