“A nossa filosofia não é entrar numa cadeia de produção. Queremos ser diferenciadores”

Imagem da notícia: “A nossa filosofia não é entrar numa cadeia de produção. Queremos ser diferenciadores”

Bruno Borges nasce em Lamego, mas é na cidade invicta que constrói parte da sua vida adulta. O fim do secundário abre-lhe as portas para uma profissão que até então lhe era desconhecida. Quisemos, por isso, descobrir o porquê da escolha da prótese dentária, a relação com a tecnologia e os dois prémios ganhos pela sua constante “aposta na qualidade”.

Do interior para o litoral. Porquê a cidade do Porto?

Sou natural de Lamego, mas, pensando num meio maior, o Porto tem a dimensão correta de uma cidade grande que ao mesmo tempo é pequena. Vim para o Porto há sensivelmente 20 anos e foi, já aqui, que terminei o secundário. Apesar de ter nascido em Lamego e de gostar muito da minha cidade, o Porto sempre me despertou interesse, foi sempre a minha cidade de eleição e de coração.

O passo natural depois do secundário seria trabalhar, ou prosseguir os estudos. Optou pelos estudos e descobre a sua paixão…

Depois desse período acabo por ingressar no ensino superior, na CESPU. Eu desconhecia o curso até, foi o meu pai que me alertou porque não era a minha primeira opção. Tendo entrado, gostei imenso da forma como interagia com os materiais e com a criação de produtos específicos. Houve logo ali uma sedução pela área. Hoje em dia acabei por ganhar mais amor à profissão, visto que consigo lidar com a tecnologia. Para algumas pessoas pode ser uma barreira, mas para mim foi uma vantagem muito grande. Já não conseguiria viver sem a tecnologia.

Entrevista completa na LabPro 42.

26 Abril 2021
Entrevistas

Notícias relacionadas

“Não acredito em Ronaldos na prótese dentária”

Pedro Chora Estadão, diretor do laboratório Pedro Estadão Dental Studio, acredita que o trabalho em equipa, com a cooperação entre todos os profissionais da área odontológica, é vital para se atingir o melhor resultado possível.

Ler mais 7 Outubro 2020
Entrevistas

“Desenvolvemos parcerias com diversos laboratórios”

Fernando Montenegro e Filipe Gervásio são os responsáveis pela ARGO BAUM, empresa com sede em Elvas que possui a marca registada CROSSBAUM® de componentes protéticos para implantes dentários. Em entrevista à LabPro, falaram das soluções que disponibilizam para a área da prótese dentária.

Ler mais 10 Setembro 2020
Entrevistas