Não pagou a fatura a horas. E agora?

Imagem da notícia: Não pagou a fatura a horas. E agora?

O Decreto-Lei n.º 62/2013 de 10 de maio, da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, dá conta das medidas contra os atrasos no pagamento de transações comerciais.

“Conforme previsto na diretiva, é estabelecido um valor fixo de 40 euros a título de indemnização pelos custos administrativo e internos associados à cobrança dos pagamentos em atraso, que acresce aos juros de mora devidos, sem prejuízo de o credor poder exigir indemnização superior por danos adicionais resultantes do atraso de pagamento do devedor ou pelos custos incorridos pelo credor com o recurso a serviços de advogado, solicitador ou agente de execução”.

Será que os laboratórios de prótese dentária cobram 40 euros por cada fatura em atraso? Foi o que procurámos saber junto dos nossos leitores.

Não perca as opiniões na próxima edição.

14 Fevereiro 2018
AtualidadeOpinião

Notícias relacionadas

Tuna Dentária de Lisboa pede apoio para atuar na Madeira

A Tuna Académica Dentária de Lisboa (TADeL), tuna feminina da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, recebeu um convite em nome da Tuna D’Elas (Tuna Feminina da Universidade da Madeira) para marcar presença no festival de tunas denominado IX Encantunas, que se realizará de 3 a 5 de maio de 2019 na ilha da Madeira.

Ler mais 4 Janeiro 2019
Atualidade