“Uma das ideias é criar um centro de emprego especializado”

Imagem da notícia: “Uma das ideias é criar um centro de emprego especializado”

Saiba mais sobre a nova associação de apoio aos laboratórios e técnicos de prótese dentária que Isidro Miranda está a criar.

LabPro: Quando vai ser criada a associação?

Isidro Miranda: Irá ser criada este ano. Ainda não existe, não por falta de pessoal, mas por falta de pessoas que estejam no ramo, que possam não ser queimadas. Fizeram-me uma proposta com os alunos que saem da faculdade. Ora quando a associação é criada, é tornada pública, e eles passam a ter o nome à vista, o que pode provocar que haja laboratórios e médicos que não os queiram contratar, por isso não queremos queimas à nascença. A lei obriga a nove pessoas e só depois dessas nove pessoas a trabalhar na associação é que posso registar o nome. Já somos quatro e eu já estou a trabalhar a tempo inteiro na associação. Outra das ideias é também criarmos um centro de emprego especializado. Percebi que ao longo do tempo os protésicos que andam à procura de trabalho andam perdidos.

LP: Na sua opinião, é urgente a criação de regulamentação para a prótese dentária com atendimento ao público? Porquê?

IM: Acho que sim, não é nenhum bicho de sete cabeças. Já tive reuniões com a fiscalização, apresentei proposta para regulamentação de moldeiras descartáveis, garantindo que não vão ser reutilizadas na boca de outro paciente. Obviamente os Técnicos de Prótese Dentária (TPD) vão ficar restritos às próteses removíveis, porque daí para cima já tem outro cariz e passa a ser uma área dos médicos. Nesta fase inicial será assim.

Entrevista completa na próxima edição da LabPro.

17 Abril 2019
Entrevistas

Notícias relacionadas

Ricardo Borges em entrevista

Há oito anos em Portugal, o técnico de prótese dentária Ricardo Borges analisa em entrevista o mercado nacional por comparação com o brasileiro.

Ler mais 3 Julho 2019
Entrevistas

Raul Fernandes: “A saúde exige confiança”

Raul Fernandes, diretor da OralMED Laboratórios, afirmou em entrevista à LabPro que "é essencial que os técnicos acompanhem a evolução técnica e tecnológica que vai surgindo no mercado, de forma a dar uma resposta cada vez mais qualificada num setor também cada vez mais evoluído e exigente, como é o setor da dentária".

Ler mais 12 Junho 2019
Entrevistas