Fumar danifica o cérebro

Imagem da notícia: Fumar danifica o cérebro

Fumar “apodrece” o cérebro. Esta poderia ser mais uma frase presente nos maços de tabaco, mas para já trata-se apenas da conclusão a que chegou um grupo de investigadores do King´s College.

Um estudo publicado no jornal Age and Ageing, que envolveu 8.800 pessoas acima dos 50 anos revelou que elevados níveis de tensão arterial e excesso de peso afetam o cérebro. Os cientistas pretendiam investigar vínculos entre o estilo de vida e ataques cardíacos e as consequências nas capacidades cognitivas.

Os resultados revelaram que, quanto maior o risco de ataque cardíaco ou AVC, maior é o declínio das capacidades cognitivas. Também se verificou uma forte associação entre o vício tabágico e os resultados nos testes, que eram piores nos fumadores.

De acordo com este estudo, fumar danifica a memória, a capacidade de aprendizagem e as capacidades cognitivas, afetando inclusivamente as atividades básicas do dia a dia.

14 Dezembro 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

LabPro vai “a banhos”

A equipa da LabPro deseja boas férias a todos os seus leitores e informa que a redação estará encerrada entre os dias 10 e 25 de agosto de 2019.

Ler mais 9 Agosto 2019
Atualidade

Julho em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de julho de 2019.

Ler mais 2 Agosto 2019
Atualidade

Junho em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de junho de 2019.

Ler mais 8 Julho 2019
Atualidade