Medicina Dentária em destaque na Exponor

Imagem da notícia: Medicina Dentária em destaque na Exponor

Já começou o Congresso OMD 2014, momento que ano após ano destaca-se como o principal evento nacional da Medicina Dentária.

O Congresso da OMD alterna entre as maiores cidades portuguesas, Porto e Lisboa. Tem crescido a olho nu de ano para ano: só em 2013, Lisboa recebeu oito mil profissionais ligados à higiene oral, o suficiente para lotar completamente o recinto dedicado.

Para este ano a organização, presidida por Gil Fernandes Alves e que conta com Ricardo Faria e Almeida na presidência da comissão científica, promete novidades, como a maior aposta em tecnologia.

O principal atrativo nas conferências do Congresso é, para além da participação de profissionais nacionais de renome e grande relevo na Medicina Dentária portuguesa, a presença dos oradores internacionais. Para esta 23ª edição, já estão garantidos 14 palestrantes estrela, que trarão à cidade Invicta atualidades sobre a Medicina Dentária.

O italiano Angelo Puritano, especialista em Dentisteria Estética, apresentará as “restaurações conservadoras e estéticas”. Hugo de Clerck, ortodontista belga, vai esclarecer a “ancoragem com mini-placas: para o movimento distal dos molares nas Classe II e para o avanço maxilar nas deformidades dento-esqueléticas de Classe III”. Istvan Urban, especialista húngaro em Regeneração Óssea, vai apresentar as “novas perspetivas sobre aumento vertical e horizontal”. De Espanha, Javier Gil Mur vai explorar “as superfícies de implantes dentais bioactivas, biofuncionais e antibióticas ebater a topografia da superfície dos implantes dentais”, ao passo que Javier Sola exporá a “estética em ambiente de implantes dentários”. Juan Manuel Seoane, de Medicina Oral, explicará a o porquê da “deteção precoce do cancro oral: a importância do exame clínico”. Leopoldino Capelozza Filho, brasileiro especializado em Ortodontia, mostrará “como executar o diagnóstico apoiado em morfologia: o conceito de padrão”. O australiano Michael MacCullough, de Medicina Oral, responderá à questão “Epidemiologia do cancro oral: estarão os padrões mudar?”.

Da Suíça o especialista em Periodontologia, Niklaus Lang, mostrará a “integração dos tecidos em implantes orais”. O compatriota Pascal Magne, debaterá as “restaurações adesivas na dentição anterior de Prótese Fixa” e Ueli Grunder a “regeneração óssea e tecidular para alcançar resultados previsíveis na estética implantar”. Da Dinamarca, Ole Fejerskov, experiente em Cariologia e Medicina Dentária Preventiva, apresentará as “restaurações adesivas na dentição anterior”, Paddy Fleming, da Irlanda, falará dos “pacientes especiais em odontopediatria” e, por último, Stephen Porter, do Reino Unido, vai debater a “Medicina oral”.

Quanto aos trabalhos científicos, estima-se que cerca de 105 apresentações, tanto nacionais como internacionais, vão pautar o recinto dedicado, entre as quais ‘posters’ em formato eletrónico e, pela primeiravez, irão decorrer quatro cursos hands-on, limitados a 20 vagas cada.

6 Novembro 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Filipe Penelas sobre os 10 anos da LabPro

Desafiámos os nossos leitores a escreverem-nos e a darem-nos a sua opinião sobre a LabPro, a evolução do setor da prótese dentária em Portugal nestes últimos 10 anos e a importância da nossa revista neste percurso. Hoje destacamos o testemunho de Filipe Penelas, do laboratório Purodente.

Ler mais 22 Janeiro 2021
AtualidadePrótese dentária

Francisco Castro sobre os 10 anos da LabPro

Desafiámos os nossos leitores a escreverem-nos e a darem-nos a sua opinião sobre a LabPro, a evolução do setor da prótese dentária em Portugal nestes últimos 10 anos e a importância da nossa revista neste percurso. Hoje destacamos o testemunho de Francisco Castro, do laboratório Dentalcastro.

Ler mais 20 Janeiro 2021
AtualidadePrótese dentária