ORISLAB Q: o software que ajuda a gerir de forma simples o novo regulamento MDR 2017/745

Imagem da notícia: ORISLAB Q: o software que ajuda a gerir de forma simples o novo regulamento MDR 2017/745

O Grupo OrisLine lançou no mercado o mais recente software para a gestão do laboratório dentário, o OrisLab Q. Nascido da evolução original do OrisLab, utilizado em Itália há mais de 20 anos, o novo OrisLab Q foi concebido especificamente para ajudar o técnico de prótese dentária a gerir o novo MDR 2017/745, o recente regulamento sobre dispositivos médicos.

As principais inovações e requisitos para o técnico de prótese dentária são: a definição do responsável, encarregado pelo cumprimento da lei; a nova declaração de conformidade e não conformidade e a documentação para a renovação ou recondicionamento dos dispositivos.

Uma atenção particular, merece a introdução do novo PSUR (Relatório de Atualização de Segurança Periódica), um documento resumido que relata os resultados da análise dos dados coletados como parte da vigilância pós-comercialização.

O OrisLab retém a experiência adquirida há mais de 20 anos para tornar o novo produto de uso imediato, além disso, a introdução de algumas funções avançadas pode ajudar a melhorar a eficiência do laboratório em termos de economia de tempo e agilização de alguns processos.

Todos os documentos podem ser exportados para PDF e enviados por e-mail para a clínica. A nova agenda, diária, semanal e mensal, permite gerir os compromissos de todos os técnicos que trabalham no laboratório e organizar os trabalhos e entregas a clínica de forma mais eficiente.

A nova função de importação de imagens 3D em formato STL permite que imagens exportadas de sistemas Cad-Cam sejam importadas diretamente para a folha do trabalho. O novo design ergonômico, ícones grandes e intuitivos, que melhoram a experiência de uso e permitem que se mova pelo programa mais rapidamente.

O novo Orislab Q tem já incluído os novos requisitos fiscais, tais com o QR Code e o ATCUD nos documentos fiscalmente relevantes, para além da já possível exportação do Saft-Gr e a criação do ficheiro para a comunicação do inventário. O OrisLab Q pode ser ativado em diferentes planos dependendo das funcionalidades que mais lhe interessam.

Saiba tudo aqui.

25 Maio 2021
AtualidadeMateriais e equipamentos

Notícias relacionadas