Dente inteligente recolhe dados importantes para a saúde

Imagem da notícia: Dente inteligente recolhe dados importantes para a saúde

Os investigadores de Taiwan colaram acelerómetros aos dentes dos oito voluntários com cimento dentário e revestidos a resina dentária, para não se estragarem com a saliva.

São sensores que reconhecem movimento em três dimensões que através de cabos recolhem os dados para a avaliação.

Os voluntários tinham de exercer tarefas como beberam água engarrafada, tossiram e leram uma secção de um artigo de jornal, no qual gastaram não mais de 40 segundos em cada ação.

A investigadora Hao-hua Chu, da Universidade de Taipé, explicou que “a nossa boca é uma porta de entrada para compreender os nossos hábitos de alimentação e bebida, úteis para lançar uma luz sobre a nossa dieta.

A frequência das vezes que tossimos pode-nos dizer o estado da saúde, tal como as vezes que falamos corresponde à nossa atividade social que está relacionada com a saúde”.

Os resultados baseados unicamente neste método conseguem atingir um rácio de certeza na casa dos 93,8 por cento.

Para o futuro, os investigadores estão a desenvolver duas alternativas com tecnologia Bluetooth e bateria recarregável: um dente artificial tradicional para análise do profissional ou um dente para uso mais caseiro, que permita ao utilizador rastrear a própria atividade.

20 Setembro 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

APTPD com novo webinar a 29 de outubro

“Prótese Imediata Sobre Implantes – Arcadas completas – 4 técnicas simples focadas na previsibilidade” é o tema do próximo evento online da APTPD, que acontece no dia 29 de outubro (sexta-feira). A conferência virtual inicia-se pelas 21h30 e vai ser ministrada pela técnica de prótese dentária, Paula Neri, formada pela FMDUL. O evento é exclusivamente […]

Ler mais 22 Outubro 2021
AtualidadeEventos e formaçãoPrótese dentária